IDEAGRI - Decisão Certa! Lucro Certo!

Diferentes visões na gestão do negócio: econômica e financeira

15 de Novembro de 2017
por: Leonora Duarte, Gerente de Processos IDEAGRI

No agronegócio, assim como em qualquer área de atuação, o conhecimento sobre a diferença na terminologia e no uso de ‘econômico’ e ‘financeiro’ é fundamental para o gestor no sentido de viabilizar análises sobre a saúde do empreendimento. Neste artigo técnico, confira a diferença entre a situação econômica e situação financeira, bem como a importância das análises desses aspectos, por meio de um exemplo prático de gerenciamento no Sistema IDEAGRI.

 

 

Regime de Competência X Regime de Caixa

‘Regime de Competência’ e ‘Regime de Caixa’ são fundamentais no gerenciamento econômico-financeiro do negócio. Quando nos referimos à competência, estamos falando de controles contábeis que registram as transações no momento em que elas acontecem. Já no regime de caixa, as operações são computadas quando o dinheiro for movimentado.

Situação econômica

É a situação contábil, isto é, o lucro ou o prejuízo apurado dentro de um regime de competência.

Situação financeira

Está relacionada ao caixa da empresa. Diz respeito aos rendimentos e às despesas que a organização apresenta ao longo de um determinado período, isto é, seu orçamento, que pode ser positivo ou negativo. 

Por que a análise de ambas as situações é importante?

Qualquer que seja a situação, planejamento e gestão qualificada são essenciais. Para manter as esferas financeira e econômica da organização equilibradas, é necessário contar com processos gerenciais adequados, seja no que tange às informações contábeis e no que se refere ao fluxo monetário.

Que tal visualizar a questão em um exemplo prático? 

A análise das entradas e saídas de dinheiro é de uso comum na rotina dos gestores. Isto é, o fluxo de caixa é uma ferramenta amplamente aplicada no gerenciamento. Mas, e a parte econômica? Devemos deixá-la exclusivamente para a análise após a contabilização dos documentos (procedimento normalmente realizado por um contador)? Ou podemos gerenciar as informações atuais de forma efetiva e alimentando ainda o planejamento das ações futuras?

Vejamos a seguir um exemplo de demonstrativos financeiros e econômicos fundamentais para a gestão do seu negócio. Os dados utilizados são meramente ilustrativos e, para a geração dos relatórios, o Software IDEAGRI será usado como ferramenta.

Organização no registro dos dados

Um ponto fundamental para que os resultados sejam confiáveis é a organização dos dados na “alimentação” das planilhas ou sistema informatizado. Quando registramos, por exemplo, uma nota fiscal de compra, é importante atentar para aspectos básicos:

  • O item adquirido será aplicado em que processo? Uma forma de organizar os processos é por centro de custos. Esses podem ser produtivos (isto é, terão despesas, mas também serão responsáveis pelo recebimento de faturamento) ou rateados (ou seja, processos que não geram receita, mas são fundamentais para o funcionamento do negócio). 
  • O item adquirido não será aplicado em nenhum processo e, por isso, vai para o estoque? Neste caso, também é importante atentar para a gestão do estoque em si, isto é, por meio do inventário do estoque e do controle das entradas e saídas dos itens.
  • Além da definição da aplicação do item em algum processo ou da sua estocagem, deve-se classificar o seu tipo. Para tal, recomenda-se que o gestor adote um plano de contas gerencial adequado ao seu ramo de atividade. Tal classificação irá proporcionar análises econômicas essenciais para a apuração dos custos e facilitará o repasse de informações para o responsável pela contabilidade da atividade. 
  • No registro da compra, os dados financeiros alimentam o fluxo de caixa da atividade. Qual é o fornecedor do item? Qual o valor total? Como foi definida a forma de pagamento? Houve parcelamento ou desconto? A partir desses dados, o gestor deve controlar informações posteriores, tais como a data de compensação do pagamento, possíveis multas por pagamento em atraso ou desconto por pagamento adiantado, etc. 

A partir das atividades de organização acima, é possível visualizar a gestão econômica e a gestão financeira na prática. Vejamos um exemplo: aquisição de concentrado suplementar no valor de R$ 10.000,00 em janeiro.

  • Gestão econômica: o item adquirido foi integralmente utilizado no centro de custos ‘Pecuária Leiteira’. Isto é, o custo de produção foi impactado em R$ 10.000,00 no mês de aplicação do item (regime de competência). Para fins de análise da composição do custo de produção, o gasto foi classificado como 3. DESPESA / 01. INSUMOS PECUÁRIA / 01. ALIMENTAÇÃO DO REBANHO / 01. CONCENTRADO PROTÉICO.
  • Gestão financeira: a compra foi dividida em 2 parcelas a partir do mês subsequente ao mês de aquisição. Ou seja, o fluxo de caixa terá duas saídas de R$ 5.000,00 nos meses de fevereiro e março (regime de caixa). 

A Figura 1 apresenta o registro completo da despesa, feito no Software IDEAGRI, com impacto financeiro e econômico, possibilitando a geração de relatórios de acompanhamento:

Figura 1

A organização dos registros, seja para despesas ou para receitas, é indicada não apenas para o que já foi realizado, mas também para o planejamento (projeção) das movimentações futuras. O uso de um sistema informatizado pode facilitar bastante nesta questão ao permitir a réplica de uma despesa ou receita (automatizando o lançamento), garantindo a edição do registro (caso haja alguma alteração), sem que a informação do PREVISTO X REALIZADO seja perdida. Este é o conceito do planejamento orçamentário, que é uma ferramenta de grande relevância para a eficiência do gerenciamento econômico-financeiro.

Seguindo com nosso exemplo prático, sobre os acompanhamentos que podem ser utilizados na gestão econômico-financeira, vejamos exemplos de relatórios do Software IDEAGRI: ‘Acompanhamento do fluxo de caixa’ (regime de caixa) e ‘Apuração de custos’ (regime de competência).

A Figura 2 mostra opções de fluxo de caixa, que pode ser diário ou mensal, com informações macro ou detalhadas por tipo de classificação da movimentação (isto é, o plano de contas gerencial adotado).

Figura 3

A Figura 3 mostra um exemplo de apuração do custo de produção. Esse tipo de acompanhamento permite a visualização das informações econômicas (isto é, do custo operacional efetivo, do custo total, das receitas e do lucro líquido) referente a determinada produção em determinado período. 

Figura 3

Dica

Escolher entre a gestão financeira ou a gestão econômica está fora de cogitação. Ambas oferecem uma perspectiva diferente quanto ao desempenho do seu negócio. Por isso, as informações devem ser analisadas tanto pelo Resultado Financeiro quanto pelo Resultado Econômico.


Rua Santa Fé, nº 100, conj 203, Sion - CEP: 30320-130 - Belo Horizonte/MG

Geral: (31) 3344-3213 - Comercial: (31) 99272-8302 VIVO - (31) 97128-2169 TIM

Suporte: (31) 3221-0709 - (31) 99952-6594 VIVO - (31) 99509-3854 TIM - (31) 99278-2275 TIM

Skype: ideagri - email: ideagri@ideagri.com.br