Avalie a remuneração do capital investido na atividade agropecuária

A avaliação da remuneração do capital investido permite comparar a rentabilidade da atividade com investimentos alternativos no mercado financeiro. O capital investido na agropecuária é composto pelos valores das benfeitorias, das máquinas, dos implementos, da terra, dentre outros. A dica orienta sobre a operação do Sistema IDEAGRI para a obtenção e análise do índice de rentabilidade.


Para analisar a remuneração do capital investido, inicialmente, é necessário que cadastremos os patrimônios.


Com os patrimônios devidamente cadastrados, será possível obter a apuração dos custos considerando a remuneração do capital que é calculada conforme a taxa inserida antes da emissão do relatório.


Essa ferramenta permite que o usuário tenha maior flexibilidade no momento da avaliação, uma vez que o mesmo poderá aplicar qualquer taxa anual para avaliar o resultado.

 


 

1) Para cadastrar patrimônios, verifique os passos descritos abaixo:

 

Cadastramento do patrimônio.


Para cadastrar os patrimônios, acesse o menu ‘Cadastros’ e clique no botão ‘Patrimônio’.

 

menu-cadastros.jpgseta.pngpatrimonio.jpg

 

Na tela que surge, clique em ‘Incluir’.

 

Imagem

 

Preencha os campos disponíveis, tais como:

 

Dados do patrimônio

 

• Número: utilize esse campo para identificação do patrimônio. O preenchimento é automático, mas, caso prefira, é possível editá-lo.
• Tipo de patrimônio: neste campo selecione o tipo de patrimônio. As opções são: Benfeitoria, Cultura, Implemento, Máquina, Outros e Terra.
• Descrição: utilize este campo para a identificação do patrimônio.
• Quantidade: utilize este campo para identificar a quantidade.
• Unidade: selecione, neste campo, a unidade do patrimônio.
• Tipo de valor: neste campo selecione o tipo de valor. As opções são: Total ou unitário.
• Valor unitário: caso o tipo de valor selecionado, no campo anterior, seja unitário, digite, neste campo, o valor unitário.
• Valor total: caso o tipo de valor selecionado, no campo Tipo de valor, seja Total, neste campo, digite o valor total do patrimônio.
• Disponível despesa/receita: selecione este campo para que o patrimônio esteja disponível em despesas e receitas (quando o patrimônio estiver sendo construído e/ou sendo pago).
• Patrimônio depreciável: selecione este campo caso o patrimônio seja depreciável.


Datas


• Fabricação: neste campo, digite a data de fabricação do patrimônio.
• Imobilização: neste campo, digite a data da imobilização do patrimônio. Como exemplo, utilizar a data de início da depreciação ou a data de início das análises.
• Baixa: neste campo, digite a data de baixa do patrimônio. Como por exemplo, quando o patrimônio não pertencer mais a fazenda (campo de preenchimento facultativo).

Máquina


Este campo somente é habilitado quando o patrimônio selecionado no campo "Tipo de patrimônio" for implemento ou máquina.


• Chassi: digite neste campo o Chassi da máquina.
• Placa: digite neste campo a placa da máquina ou implemento.
• Tipo de apuração: este campo somente é habilitado para preenchimento quando o Tipo de patrimônio for máquina. Selecione neste campo o tipo de apuração, as opções são: quilômetro ou hora
• Valor hora: este campo somente é habilitado para preenchimento quando o Tipo de patrimônio for implemento. Digite neste campo o valor da hora do implemento.
• Valor Km: este campo somente é habilitado para preenchimento quando o Tipo de patrimônio for implemento. Digite neste campo o valor do quilômetro do implemento.

• Tipo de atividade: este campo somente é habilitado quando o Tipo de patrimônio for Cultura. Neste campo selecione o tipo de cultura.
• Conta gerencial: neste campo selecione a conta gerencial referente ao patrimônio.
• Patrimônio depreciável: selecione este campo caso o patrimônio seja depreciável.
• Método de depreciação: este campo somente é habilitado para preenchimento quando a opção patrimônio depreciável for selecionada. Neste campo, selecione o método de depreciação do patrimônio.
• Vida útil: este campo correlaciona-se com a vida útil do patrimônio. Selecione, neste campo, a referência da vida útil. As opções são: dias, meses e anos.  
• Referência vida útil: este campo correlaciona-se com a vida útil do patrimônio. Selecione neste campo a referência da vida útil, as opções são: Dias, meses e anos.
• Valor residual: neste campo, digite o valor residual do patrimônio.
• % depreciação anual: caso o método de depreciação seja “Valores decrescentes”, digite, neste campo, a porcentagem (%) de depreciação anual do patrimônio.

 

Imagem


Confira a dica: Como lançar, de forma correta, a depreciação de máquinas, equipamentos e benfeitorias
Link: http://ideagri.com.br/plus/modulos/noticias/ler.php?cdnoticia=269

 

Apropriação

 

Atenção: no campo ‘Apropriação’, correlacione o patrimônio ao seu respectivo centro de custo.

Para inserir uma apropriação, clique no botão ’ + ‘.
Esta área é dividida em cinco campos, sendo eles:
• Comando "Ação": utilize este comando para seleção da apropriação para exclusão. A exclusão da apropriação deve ser feita na ordem decrescente.
• Data da apropriação: digite, neste campo, a data da apropriação do patrimônio.
• Apropriação por centro de custo: neste campo, selecione o percentual da apropriação por centro de custo. A soma deve ser igual a 100%.
• Observação: utilize este campo para qualquer anotação pertinente a apropriação.

 

Após o preenchimento dos campos, clique em 'Gravar'.


Para excluir uma apropriação, clique no botão ‘ - ’ após seleção da apropriação no comando "Ação".

 

Imagem

 

 

Após o cadastramento dos patrimônios, observe na aba ‘Listagem’ que o sistema contabiliza o valor atual do imobilizado conforme o cálculo da depreciação.

 

Imagem

 


 2) Para obter o relatório de apuração de custos, com a análise da remuneração do capital investido, siga as instruções abaixo.

 

Emissão do relatório ‘Apuração de custos’ – análise da remuneração do capital investido

 

Para a emissão do relatório, acesse o menu ‘Relatório’.

menu-relatorio.jpg

 

Em ‘Palavra – chave’, digite Apuração de custos e clique no botão ‘Filtrar’.

 

Selecione o relatório e clique em ‘Visualizar’.

 

Imagem

 

Na tela que surge, preencha os filtros disponíveis para a emissão do relatório. 

 

Imagem

 

Para analisar a remuneração do capital investido, basta preencher o campo em destaque com o percentual que deseja avaliar.

 

Importante: Lembramos que cada patrimônio é associado a um centro de custo em seu cadastramento. Desta forma, caso queira analisar a remuneração do capital investido em Terras, por exemplo, você deverá escolher o centro de custo vinculado às terras e informar a taxa de remuneração de capital/ano desejável.

 

Caso tenha dúvidas no preenchimento dos campos, consulte a ajuda clicando no botão ‘F1’ do seu teclado.

 

Após o preenchimento dos campos, clique em ‘Confirmar’.

 

Veja o segmento do relatório que analisa a remuneração do capital:

 

Exemplo 1:

Imagem

 

 

Exemplo 2:

Imagem

 

O relatório ‘Apuração de custos’ também contabiliza os valores provenientes da depreciação dos patrimônios, veja:

 

 Imagem

 


 


 

 

 

 

IMPORTANTE: temos, em todas as telas do Ideagri Desktop, o acesso à ajuda do sistema (Help). Na ajuda das telas, é possível saber a finalidade de cada campo. Além disso, é possível visualizar no Help as dicas que são publicadas em nosso site. As dicas detalham e ilustram determinados processos.

 

 

Há três formas de se acessar o MANUAL do Sistema: 

(1) Através do botão de ajuda presente na parte inferior de todas as janelas:

help.jpg

Ao clicar no '?', será mostrada um dica rápida:

dica.jpg

Para acessar o 'Help' basta clicar em '?'.

 

(2) No Menu Utilitários, botão Manual (Help).

menu-utilitarios.jpgseta.pngmanual.jpg

 

(3) Ou pressionando a tecla de atalho F1 na janela da rotina a ser pesquisada.

3ª opção