Conheça a coleta de embriões e FIV com transferências e/ou congelamento de embriões simultâneos

Conheça a rotina que permite o preenchimento dos dados detalhados da coleta de TE ou FIV, registrando o desempenho da doadora e realizando a transferência ou congelamento dos embriões, simultaneamente.

 

 

O primeiro passo para utilizar a nova rotina "Coleta FIV/TE" é associar as matrizes, tanto doadoras quanto receptoras, aos tipos respectivos, caso contrário elas não ficarão disponíveis na tela. Para maiores detalhes, clique aqui e confira mais detalhes na dica "Associação de animais aos tipos: "Doadora", "Receptora" e "Descarte".

 

Percebam que, ao associar as matrizes aos tipos (doadora ou receptora), as categorias das mesmas são alteradas, como ilustrado a seguir:  

Imagem

 

Após ter especificado as doadoras e receptoras, vá até o Menu "Reprodução" e clique em "Coleta FIV/TE": 

coleta-fiv-te.jpg

 

EXEMPLO 1 - TE

Em nosso primeiro exemplo, faremos um lançamento do tipo "TE". Para tanto, consideraremos 1 doadora e 10 receptoras.


A tela de listagem "FIV / TE Tradicional", mostrada a seguir, permite a consulta dos lançamentos já realizados ou a inclusão de novos registros. Para nosso exemplo, incluiremos um novo registro, clicando em "Incluir". 

Imagem

 

Na tela de cadastro que surge, as informações disponíveis são:

- Tipo de coleta (seleção obrigatória):

  • TE (transferência de embriões).
  • FIV (fertilização in vitro).


Em nosso exemplo, selecionaremos TE:

Imagem

- Código (preenchido automaticamente pelo sistema);

Imagem

- Data da coleta (preenchimento obrigatório);

- Seleção da Doadora (seleção obrigatória, com acesso ao cadastro de doadoras disponíveis na data da coleta): 

Imagem

- Seleção do Reprodutor (seleção obrigatória, com acesso ao cadastro de reprodutores): 

Imagem


- Tabela para detalhamento da quantidade de embriões por classificação (preenchimento obrigatório) serão estes os embriões que ficarão disponíveis para implante ou congelamento: 

Imagem

 

- Número de embriões inviáveis (preenchimento facultativo); 

- Número de embriões implantados (será preenchido automaticamente pelo sistema, tão logo o próximo passo da rotina seja realizado);

- Observações (preenchimento facultativo) 

Imagem

Após o preenchimento dos campos, como ilustrado anteriormente, clique na barra deslizante "Dados dos embriões": 

Imagem

Nesta tela, é possível, tanto transferir os embriões quanto congelá-los.

Os campos disponíveis no grid são:

- Número do embrião (preenchido automaticamente pelo sistema);

- Cong.: se o embrião foi ou não congelado (preenchimento obrigatório);

- Data da transferência (preenchimento obrigatório caso o embrião seja transferido);

- Hora da transferência (preenchimento facultativo caso o embrião seja transferido);

- Receptora (preenchimento obrigatório caso o embrião seja transferido, com acesso ao cadastro de receptoras disponíveis na data da transferência);

- Classificação do embrião (seleção facultativa):

Mórula;
Mórula compacta;
Blastocisto inicial;
Blastocisto;
Blastocisto expandido;
Blastocisto eclodido;

- Qualidade do embrião (seleção facultativa):
Excelente;
Bom;
Regular;
Ruim;
Degenerado

- Técnico (seleção facultativa) (para que os técnicos apareçam na listagem, no cadastro de pessoas eles devem estar marcados como "Técnico TE"):

 

- Cio (seleção obrigatória caso o embrião seja transferido);

 

- Muco (seleção facultativa caso o embrião seja transferido);

 

- Cond. TE: condição da TE (seleção obrigatória caso o embrião seja transferido);

 

- Protocolo (seleção obrigatória caso o embrião seja transferido e a condição TE seja protocolo);

 

- Baixa (Sim para embriões transferidos e Não para congelados) preenchido pelo sistema;

 

- Observações (preenchimento facultativo).



Veja o Grid preenchido. Em nosso exemplo estamos transferindo 10 embriões e congelando 15: 

Imagem


Após o preenchimento dos campos desejados, basta gravar. Ao fazer isso estamos registrando o desempenho da doadora e realizando a transferência ou congelamento dos embriões, simultaneamente.

Informações relevantes:

- Os embriões congelados poderão ser transferidos posteriormente através da rotina "Transferência de embriões".

- Para facilitar o preenchimento dos dados no grid use "Dados padrão".

EXEMPLO 2 - FIV

Para a rotina de FIV, o funcionamento é similar à rotina de TE.

As principais diferenças são em relação à classificação das estruturas: 

Imagem