Conheça a rotina de associação de matrizes aos tipos 'Doadora', 'Receptora' e 'Descarte'

Esta rotina permite associar, individualmente, por períodos, as matrizes aos Tipos: 'Doadora', 'Receptora' e 'Descarte'. Os Tipos 'Doadora' e 'Receptora' estão associados à rotina 'Coleta FIV/TE'. O Tipo 'Descarte' permite que as matrizes associadas ao mesmo tipo possam ser avaliadas separadamente, não impactando nos índices reprodutivos da fazenda. Os filtros para os tipos estão presentes nos principais relatórios reprodutivos do sistema: 'Acompanhamento geral de matrizes leiteiras', 'Acompanhamento individual de matrizes leiteiras', 'Índice de retorno reprodutivo', 'Taxa de concepção' e 'Taxa de prenhez'.

 

DICA RELACIONADA: Esta dica aborda a associação INDIVIDUAL aos tipos. Clique aqui para acessar as informações sobre a associação COLETIVA [Associe coletivamente matrizes aos tipos: doadora, receptora e descarte].

 

Para associar animais, de forma individual,  aos tipos, vá até o Menu 'Animal', clique no Botão 'Animal'. Localize, então, a matriz a ser trabalhada na lista de animais do rebanho. 

 

Tela

 

Acesse o cadastro da matriz, clicando na Aba 'Cadastro' ou dando 2 cliques na linha da matriz.

 

Na tela que surge, há uma barra deslizante, chamada 'Doadora/Receptora/Descarte':

 

Tela

 

Clicando nesta barra deslizante, surge a área específica para a associação de animais aos tipos:

 

Tela

 

Para inserir períodos de associação aos tipos, clique em '+' e para excluir, clique em '-'.

 

É importante ressaltar que a rotina permite que a matriz seja associada a um determinado tipo, por período de tempo específico, e depois volte ao rebanho 'padrão' da fazenda. Por exemplo, se uma matriz é utilizada como doadora de embriões de janeiro a junho, durante este período ela estará associada a este tipo. Se, ao final do período, ela voltar ao manejo reprodutivo padrão da fazenda, basta colocar uma data no fim do período como doadora para ela voltar, desta data em diante, ao manejo padrão.

 

Tela

 

Se, no futuro, ela voltar a ser doadora, basta incluir um novo período de associação, como ilustrado a seguir:

 

Tela

 

Informações gerais relevantes:

- Desde que, em períodos diferentes, a mesma matriz pode ser associada a diferentes tipos (no exemplo acima, no futuro, a matriz poderia ser associada, por exemplo, ao Tipo descarte);

- Para a utilização da rotina 'Coleta TE/FIV', é obrigatório que tanto as matrizes doadoras quanto as receptoras tenham períodos correspondentes associados aos tipos - Veja dica específica da rotina, clicando aqui;

- As telas de lançamentos reprodutivos (inseminação, transferência de embriões, diagnóstico e parto) contam com filtro específico para os tipos:

Tela

 

- O fato da matriz estar associada a determinado tipo não altera nem o lançamento de dados nem o acompanhamento da matriz através dos relatórios, permitindo apenas que o filtro seja aplicado, quando houver necessidade.