Conheça o Relatorio 'Análise consolidada de IATF/TETF'

A "Análise consolidada de IATF/TETF" apresenta dezenas de índices analíticos que permitem a avaliação global dos resultados de cada programação executada. Neste relatório o usuário pode selecionar uma programação específica ou quaisquer combinações, podendo, então, comparar o desempenho das programações entre si.

 

Clique aqui e confira a dica com o passo-a-passo para o cadastramento das programações de IATF / TETF:

Para a emissão do relatório ‘Análise consolidada programações de IATF / TETF’, acesse o menu ‘Relatórios’.

 

menu-relatorio.jpg


Na tela que surge, utilize o campo ‘Palavra-chave’ para localizar o relatório e, em seguida, clique em ‘Filtrar’.

 

Imagem


Após a localização do relatório, clique em ‘Visualizar’.

 

Preencha os filtros disponíveis para a emissão do relatório, as opções disponíveis são:
• Setor: selecione, no campo ‘Ação’, o setor que será considerado para a emissão do relatório. Este campo é de preenchimento obrigatório.
• Programação: neste campo, selecione no campo ‘Ação ’a programação que será analisada.
• Período de implante: neste campo, selecione o período do implante de progesterona. Campo de preenchimento facultativo.
• Período de retirada: neste campo, selecione o período de retirada do implante de progesterona. Campo de preenchimento facultativo.
• Período de inseminação: neste campo, selecione o período de inseminação. Campo de preenchimento facultativo.
• Mostrar totais: selecione este campo, para que o sistema exiba os totais de cada campo.
• Mostrar quadro de tentativas: selecione esta opção para que o sistema exiba a relação dos animais com as informações da programação e protocolos hormonais.
• Mostrar legenda: selecione esta opção para que ao final do relatório seja inserida a legenda para identificação dos campos.
• Mostrar filtros utilizados no final do relatório: selecione esta opção para que seja possível identificar os filtros utilizados ao final do relatório.

 

Após seleção dos critérios, clique em "Confirmar".

 

Imagem

 

O relatório será exibido conforme o exemplo abaixo:

 

Análise da(s) programação(ões)

 

Imagem 

 

Análise das inseminações e taxa de prenhez por touro de repasse

 

Imagem 

 

Análise dos diagnósticos de gestação

 

 Imagem

 

Análise dos resultados obtidos

 

Imagem

 

 No final do relatório é exibido um quadro com o detalhes dos animais, contendo as seguintes informações individuais:

 

Imagem

 

Legenda:
(1) Sigla da programação (Sigla associada à programação exibida)
(2) Data de implante (Data de implante associado à programação exibida)
(3) Data da retirada (Data da retirada associada à programação exibida)
(4) Data da IA inicial válida (Data da primeira IA associada à programação exibida e considerada válida)
(5) Data da IA final válida (Data da última IA associada à programação exibida e considerada valida)
(6) Total de matrizes associadas (Número total de matrizes associadas à programação exibida)
(7) Total de matrizes implantadas (Número total de matrizes que foram associadas à programação e marcadas como implantadas na tela de associação à programação)
(7) Percentual de matrizes implantadas (Percentual de matrizes implantadas em relação ao total de matrizes associadas à programação exibida)
(8) Total de matrizes sem implante (Número total de matrizes que foram associadas à programação, mas que não foram marcadas como implantadas na tela de associação à programação)
(8) Percentual de matrizes sem implante (Percentual de matrizes não implantadas em relação ao total de matrizes associadas à programação exibida)
(9) Total de perdas de implantes (Total de matrizes que foram associadas à programação e marcados como perda de implante na tela de associação à programação)
(9) Percentual de perdas de implantes (Percentual de matrizes marcadas como perda de implante em relação ao total de matrizes marcadas como implantadas)
(10) Total de matrizes implantadas sem perda (Total de matrizes associadas à programação que não foram marcadas como perda de implante na tela de associação à programação)
(10) Percentual de matrizes implantadas sem perda (Total de matrizes associadas à programação e não marcadas como perda de implante na tela de associação à programação em relação ao total de matrizes implantadas)
(11) Total de inseminações associadas à programação
(11) Percentual total de inseminações (Total de inseminações em relação ao total de matrizes associadas à programação)
(12) Total de IAs válidas em animais sem perda de implante (Total de inseminações consideradas válidas - de acordo com o parâmetro que define se a inseminação é válida para a programação - em animais que foram associados à programação, marcados como implantados e não marcados para a perda de implante)
(12) Percentual de IAs válidas em animais sem perda de implante (Percentual do total de inseminações válidas em animais que foram associados à programação e não marcados como perda de implante em relação ao número total de inseminações associadas à programação)
(13) Total de IAs em animais com perda de implante (Total de IAs em animais associados à programação e marcados como perda de implante na tela de associação à programação)
(13) Percentual de IAs em perdas de implante (Percentual de IAs em animais associados à programação e marcados como perda de implante na tela de associação à programação em relação ao total de inseminações associadas à programação)
(14) Total de IAs não válidas em animais implantados (Total de inseminações não consideradas como válidas - considera todas as inseminações cadastradas com intervalo de 10 dias anteriores e posteriores à data da retirada do implante para aquela programação - em animais marcados com implante)
(14) Percentual de IAs não válidas em animais implantados (Percentual do total de inseminações não consideradas como válidas em animais marcados como implante em relação ao total de inseminações associadas à programação)
(15) Total de IAs em matrizes não implantadas (Total de inseminações em matrizes associadas à programação e não marcadas como implante)
(15) Percentual de IAs em matrizes não implantadas (Percentual do total de inseminações em matrizes associadas à programação e não marcadas como implante em relação ao total de inseminações associadas à programação)
(16) Total de matrizes não inseminadas (Total de matrizes associadas à programação e que não tiveram o lançamento de inseminação informado)
(17) Total de matrizes não inseminadas sem implante (Total de matrizes associadas à programação que não tiveram o lançamento de inseminação e não foram marcadas como implante na tela de associação à programação)
(17) Percentual de matrizes não inseminadas sem implante (Total de matrizes associadas à programação que não tiveram o lançamento de inseminação e não foram marcadas como implante em relação ao total de matrizes associadas à programação e não tiveram inseminação informada)
(18) Total de matrizes não inseminadas com implante (Total de matrizes associadas à programação que não tiveram o lançamento de inseminação, foram marcadas como implante na tela de associação à programação e não foram marcadas como perda de implante.)
(18) Percentual de matrizes não inseminadas com implante (Total de matrizes associadas à programação que não tiveram o lançamento de inseminação, foram marcadas como implante e não foram marcadas como perda de implante em relação ao total de matrizes associadas à programação e não tiveram inseminação informada)
(19) Total de matrizes não inseminadas com perda de implante (Total de matrizes associadas à programação que não tiveram o cadastramento de inseminação e foram marcadas como perda de implante)
(19) Percentual de matrizes não inseminadas com perda de implante (Percentual do total de matrizes associadas à programação que não tiveram o cadastramento de inseminação e foram marcadas como perda de implante em relação ao total de matrizes associadas à programação e não tiveram inseminação informada)
(20) Total de matrizes prenhas por repasse sem IA (Total de matrizes associadas à programação exibida que tenham gestação a partir das informações de repasse - cobertura informada nos 30 dias posteriores à data de retirada do implante na programação)
(20) Percentual de matrizes prenhas por repasse sem IA (Percentual de matrizes associadas à programação exibida que tenham gestação a partir das informações de repasse em relação ao total de matrizes associadas à programação e que não tenham inseminação informada)
(21) Total de matrizes diagnosticadas (Total de matrizes que receberam diagnóstico de gestação, após uma inseminação ou lançamento de gestação a partir de repasse independente da inseminação estar associada a uma programação válida ou não.)
(21) Percentual de matrizes diagnosticadas (Percentual do total de matrizes que receberam diagnóstico de gestação em relação ao total de matrizes associadas à programação exibida)
(22) Total de diagnósticos positivos (Total de matrizes com diagnóstico positivo - seja por IA ou por repasse - associadas à programação exibida)
(22) Percentual de diagnósticos positivos (Percentual do total de matrizes com diagnóstico positivo em relação ao total de matrizes diagnosticadas)
(23) Total de diagnósticos negativo (Total de matrizes com diagnóstico negativo associadas à programação exibida)
(23) Percentual de diagnósticos negativos (Percentual do total de matrizes com diagnóstico negativo em relação ao total de matrizes diagnosticadas)
(24) Total de matrizes inseminadas não diagnosticadas (Total de matrizes associadas à programação que receberam uma inseminação, mas não foram diagnosticadas - diagnóstico ou repasse)
(24) Percentual de matrizes inseminadas não diagnosticadas (Percentual do total de matrizes inseminadas não diagnosticadas em relação ao total de animais inseminados associados à programação)
(25) Total de perda de prenhez (Total de animais associados à programação exibida que receberam um diagnóstico positivo e, posteriormente, um diagnóstico negativo, em uma mesma programação)
(25) Percentual de perda de prenhez (Percentual do total de animais associados à programação exibida que receberam um diagnóstico positivo e, posteriormente, um diagnóstico negativo em relação ao total de animais gestantes)
(26) Total de prenhez (Total de animais que foram marcados como positivo para a gestação, independente de terem sido de inseminação, considerando somente inseminações que foram confirmadas para a programação.)
(26) Percentual de prenhez (Percentual do total de animais que foram marcados como gestantes, independente de terem sido de inseminação ou repasse em relação ao total de animais associados à programação)
(27) Total de prenhez (IA) (Total de animais que foram marcados como gestantes a partir de uma inseminação associada à programação)
(27) Percentual de prenhez (IA) (Percentual do total de animais que foram marcados como gestantes a partir de uma inseminação associada à programação em relação ao total de animais associados à programação)
(28) Total de prenhez (Repasse) (Total de animais que foram marcados como gestantes a partir do diagnóstico de repasse)
(28) Percentual de prenhez (Repasse) (Percentual do total de animais que foram marcados como gestantes a partir do diagnóstico de repasse em relação ao total de animais associados á programação)
(29) Total de prenhez (IA + RE somente em implantadas) (Total de animais marcados como gestantes de uma inseminação associada à programação ou de repasse que foram marcadas como implantadas no momento da associação à programação)
(29) Percentual de prenhez (IA + RE somente em implantadas) (Percentual do total de animais marcados como gestantes de uma inseminação associada à programação ou de repasse que foram marcadas como implantadas no momento da associação à programação em relação ao total de animais associados à programação)
(30) Total de prenhez (IA somente implantadas) (Total de animais marcados como gestantes de uma inseminação associada à programação que foram marcadas como implantadas no momento da associação à programação)
(30) Percentual de prenhez (IA somente implantadas) (Percentual do total de animais marcados como gestantes de uma inseminação associada à programação que foram marcadas como implantadas no momento da associação à programação em relação ao total de animais associados à programação)
(31) Total de prenhez (Repasse somente implantadas) (Total de animais marcados como gestantes de repasse e que foram marcadas como implantadas no momento da associação à programação)
(31) Percentual de prenhez (Repasse somente implantadas) (Percentual do total de animais marcados como gestantes de repasse e que foram marcados como implantadas no momento da associação à programação em relação ao total de animais associados à programação)
(32) Total de prenhez (IA + RE sem implante) (Total de animais marcados como gestantes de uma inseminação associada à programação ou por repasse e que não foram marcados como implantados no momento da associação à programação)
(32) Percentual de prenhez (IA + RE sem implante) (Percentual do total de animais marcados como gestantes de uma inseminação associada à programação ou por repasse e que não foram marcados como implantados no momento da associação à programação em relação ao total de animais associados à programação)
(33) Total de prenhez (IA sem implante) (Total de animais marcados como gestantes de uma inseminação associada à programação e que não foram marcados como implantados no momento da associação à programação)
(33) Percentual de prenhez (IA sem implante) (Percentual do total de animais marcados como gestantes de uma inseminação associada a uma programação e que não foram marcados como implantados no momento da associação à programação em relação ao total de animais associados à programação)
(34) Total de prenhez (RE sem implante) (Total de animais marcados como gestantes de repasse e que não foram marcados como implantados no momento da associação à programação)
(34) Percentual de prenhez (RE sem implante) (Percentual do total de animais gestantes de repasse e que não foram marcados como implantados no momento da associação à programação em relação ao total de animais associados à programação)
(35) Total de prenhez (IA + RE com perda de implante) (Total de animais gestantes a partir de uma inseminação associada à programação ou repasse marcados como implantados e com perda de implante no momento da associação)
(35) Percentual de prenhez (IA + RE com perda de implante) (Percentual do total de animais gestantes a partir de uma inseminação associada à programação ou repasse marcados como implantados e com perda de implante no momento da associação em relação ao total de animais associados à programação)
(36) Total de prenhez (IA com perda de implante) (Total de animais gestantes a partir de uma inseminação associada à programação marcados como implantados e com perda de implante no momento da associação à programação)
(36) Percentual de prenhez (IA com perda de implante) (Percentual do total de animais gestantes a partir de uma inseminação associada à programação marcados como implantados e com perda de implante no momento associação à programação em relação ao total de animais associados à programação)
(37) Total de prenhez (RE com perda de implante) (Total de animais gestantes a partir de repasse marcados como implantados e com perda de implante no momento da associação à programação)
(37) Percentual de prenhez (RE com perda de implante) (Percentual do total de animais gestantes a partir de repasse marcados como implantados e com perda de implante no momento da associação à programação em relação ao total de animais associados à programação)
(38) Total de prenhez (IA + RE implantadas sem perda de imp.) (Total de animais gestantes a partir de uma inseminação associada à programação ou de repasse marcados como implantados e não marcados como perda de implante no momento da associação à programação)
(38) Percentual de prenhez (IA + RE implantadas sem perda de implante) (Percentual do total de animais gestantes a partir de uma inseminação associada à programação ou de repasse marcados como implantados e não marcados como perda de implante no momento da associação à programação em relação ao total de animais associados à programação)
(39) Total de prenhez (IA implantadas sem perda de implante) (Total de animais gestantes a partir de uma inseminação associada à programação marcados como implantados e não marcados como perda de implante no momento da associação à programação)
(39) Percentual de prenhez (IA implantadas sem perda de implante) (Percentual do total de animais gestantes a partir de uma inseminação associada à programação marcados como implantados e não marcados como perda de implante no momento da associação à programação em relação ao total de animais associados à programação)
(40) Total de prenhez (RE implantadas sem perda de implante) (Total de animais gestantes a partir de uma inseminação associada à programação marcados como implantados e não marcados como perda de implante no momento da associação à programação)
(40) Percentual de prenhez (RE implantadas sem perda de implante) (Percentual do total de animais gestantes a partir de uma inseminação associada à programação marcados como implantados e não marcados como perda de implante no momento da associação à programação em relação ao total de animais associados à programação)