Do balde ao pé ao free stall, Fazenda Céu Azul se estrutura para alcançar 30 mil litros/dia

Conheça a trajetória da Fazenda Céu Azul, localizada em Silvânia (GO). Tradição, engajamento, união familiar e parcerias são alguns dos aspectos que formaram a estrutura atual do empreendimento de João Vander Ferreira. Investindo em assistência técnica adequada, treinamento constante da mão de obra; tecnologias e no conforto animal, o negócio tem obtidos excelentes resultados e sendo destaque na pecuária leiteira da região. A Fazenda Céu Azul é cliente e parceira do IDEAGRI.

Depoimento sobre o IDEAGRI (João Vander e Maria Cristina Ferreira, Fazenda Céu Azul, Silvânia/GO)
"As nossas expectativas com o IDEAGRI têm sido, realmente, superadas. Sempre comentamos com os amigos produtores de leite que não existe programa no mercado, para esta atividade, que consiga nem mesmo se igualar ao IDEAGRI. Parabéns a toda equipe!!"

A Fazenda Céu Azul, localizada em Silvânia/GO, foi adquirida por João Vander Ferreira em 1998. Inicialmente, a ideia era desenvolver a agricultura (cultivo de soja e milho). Em 2002, ele resolveu iniciar a produção de leite já que a sua família é mineira e tradicional no ramo. Gostando e acreditando na atividade, a fazenda produzia na época 300 litros/dia e utilizava balde ao pé com capacidade para quatro animais. "Em 2003, já com a produção de 1 mil litros/dia, resolvemos investir mais no negócio, com o incentivo de minha esposa, a qual passou a ajudar na atividade atuando no controle econômico financeiro. Neste mesmo ano, adquirimos uma ordenha com capacidade para 12 animais. Gradativamente, fomos crescendo de forma rápida até que em 2010/2011 conseguimos alcançar quase 8 mil litros/dia", conta João.

Em 2016, já produzindo em torno de 12 mil litros/dia e com a entrada de um dos filhos do casal na atividade, uma nova etapa foi iniciada: a análise da atividade, o investimento na estrutura e o planejamento do futuro da fazenda para os próximos cinco anos.

"Com a orientação de parceiros, nos rendemos ao free stall com um projeto para três galpões com 336 animais cada. Em dezembro de 2016, inauguramos o primeiro galpão e atualmente estamos montando uma nova ordenha com capacidade para ordenhar 40 animais. Com a construção dos três galpões, pretendemos alojar mil animais com a produção de 30 mil litros/dia", complementa. Hoje toda a agricultura desenvolvida é utilizada para a alimentação do rebanho leiteiro. São produzidos 13.500 litros com 508 animais em lactação. No total, são 1.050 animais no plantel da raça Holandesa e 50% ficam no free stall e 50% em confinamento em piquetes.

imagemimagem

"Nossa área de plantio é própria, temos abundância de água, estamos numa localização privilegiada com relação aos laticínios, o clima é bom, a altitude é de aproximadamente 900 metros e a propriedade conta com a administração familiar". Em cima disso, João procura produzir leite com qualidade por meio de:

  • Assistência técnica adequada;
  • Treinamento constante da mão de obra utilizada;
  • Investimentos constantes em tecnologias e;
  • Melhoria do conforto animal.

"Nosso desafio é manter o crescimento dos últimos anos, o investimento na melhoria do conforto animal e a continuidade da produção consistente com boas práticas ambientais e sociais. Falando em sustentabilidade e bem-estar animal, com a execução final dos atuais projetos, estaremos avançando cada vez mais nesta direção, pois realizamos em 2016 um investimento em tratamento de dejetos (que ainda sofrerá melhorias) visando o aproveitamento da energia gerada; melhoramos as instalações para o conforto e bem-estar animal, produzindo e oferecendo cada vez mais alimentos com qualidade e conseguindo o reaproveitamento de dejetos e; oferecemos constantemente melhores condições de trabalho aos nossos empregados", finaliza o produtor.

imagemimagem