Fazenda Cachoeira Gir 2B: engajamento e determinação na pecuária leiteira

A Fazenda Cachoeira Gir 2B, localizada em Ferros (MG), tem um projeto pioneiro de seleção genética do Gir leiteiro, fazendo parte da história evolutiva da raça. A determinação da sua equipe tem contribuído para a criação de um novo horizonte para a pecuária leiteira do Brasil. Saiba mais sobre esta importante representante da pecuária leiteira nacional, que tem seus dados gerenciados pelo Sistema IDEAGRI, em artigo publicado pela Revista Leite Integral.

Um pouco da história...

A construção da Fazenda Cachoeira data do início do Século XIX, época em que a propriedade produzia quase tudo o que consumia, comprando apenas sal e querosene, contando até com uma usina de produção de energia. Com a morte do patriarca da família, a fazenda passou de geração em geração até ser assumida por José Afonso Bicalho, que, no fim da década de 90, fez uma parceria com o Dr. Carlos Caldeira Brant, dando origem aos primeiros animais de alto valor genético do plantel 2B. Com o passar do tempo, o rebanho 2B foi se tornando uma referência da raça, e a procura por animais para compra foi aumentando significativamente.

Uma decisão estratégica de separação dos animais em seleção daqueles comerciais foi o embrião do Projeto de Melhoramento Genético 2B (PMG2B), iniciado em 2010, e coordenado por Adriano Bicalho, Médico Veterinário e Mestre em Zootecnia.

PMG2B...

O objetivo do PMG2B é a identificação dos animais com a melhor combinação possível das características leiteiras (produção e qualidade) e de eficiência (reprodução e produção), e utilizá-los de maneira estratégica para o melhoramento do rebanho. O início do projeto consistiu da realização de um diagnóstico do material genético disponível na fazenda. Também foi realizado um estudo do banco de sêmen da fazenda para identificar touros que poderiam contribuir para o projeto. Dentro da rotina da propriedade, touros do Teste de Progênie também foram utilizados nos acasalamentos daquele ano.

Metas do PMG2B...

1) Ter o primeiro parto até os 40 meses de idade;

2) Se classificar entre as 50% melhores vacas de primeira cria, apresentando o primeiro período de serviço de até 6 meses e os maiores valores genéticos para produção;

3) Se classificar entre as 50% melhores vacas de segunda cria, em termos de valores genéticos para produção;

4) Se classificar entre as 50% melhores vacas de terceira cria, em termos de valores genéticos para produção.

Manejo e controle do rebanho...

O sistema de criação da Fazenda Cachoeira é semi-intensivo. Os bezerros são aleitados naturalmente até a desmama. Os animais ficam confinados durante o dia, recebendo dieta balanceada na parte da manhã, e à noite são levados para um piquete. Após a desmama, as fêmeas são transferidas para o lote de recria, e os machos são levados para outra propriedade no mesmo município.

A Fazenda Cachoeira utiliza o Sistema de Gestão Ideagri para controle do rebanho, que viabiliza a geração de índices fundamentais para o desenvolvimento do projeto.

Leia a reportagem na íntegra, na versão digital da revista, disponível para assinantes.


A versão digital da revista pode ser acessada pelos assinantes no link a seguir:

[ CLIQUE AQUI ]