Integre, automaticamente, lançamentos de Hora Homem / Hora Máquina com o Relatório 'Apuração de Custos'

Nesta dica, confira como fazer com que os lançamentos realizados na Rotina ‘Homem/Máquina' (registros de horas de trabalho) sejam, automaticamente, considerados no custo de produção e incluídos no Relatório 'Apuração de custos'. O aplicativo propicia a rápida integração dos dados, viabilizando a tomada certa de decisão em relação aos custos de produção.

 

 

Esta rotina permite o cálculo automático da hora máquina, considerando a depreciação e as despesas rotineiras (combustível, manutenções, peças, etc.) com o patrimônio, de acordo com os registros de horas de trabalho. O valor determinado pelo sistema é considerado no Relatório ‘Apuração de custos’.

Para a utilização da ferramenta é necessário seguir as seguintes etapas: 

Acesse o conteúdo Acesse o conteúdo Acesse o conteúdo
     
Acesse o conteúdo Acesse o conteúdo  
     
  Acesse o conteúdo  

CADASTRAMENTO DO CENTRO DE CUSTOS

Para o cálculo automático da hora máquina, o primeiro passo é o cadastramento do centro de custos, responsável pela apuração do custo com a depreciação e as despesas rotineiras referentes ao patrimônio. Para cumprir esta etapa, acesse o Menu ‘Cadastros’, Botão ‘Centro de custos’.

menu-cadastros.jpgseta.pngcentro-de-custos.jpg

Clique em ‘Incluir’ e preencha os campos necessários.

  • Observação: Para o pleno funcionamento da rotina, o centro de custos tem que, conforme mostrado na imagem abaixo:

- Estar classificado como ‘Não produtivo e não rateado’.
- Ter o mesmo nome do patrimônio.

Imagem

ACESSO RÁPIDO ÀS ETAPAS DA ROTINA:

Acesse o conteúdo Acesse o conteúdo Acesse o conteúdo Acesse o conteúdo Acesse o conteúdo Acesse o conteúdo Acesse o conteúdo

CADASTRAMENTO DO PATRIMÔNIO

Acesse o Menu ‘Cadastros’, Botão ‘Patrimônio’.

menu-cadastros.jpgseta.pngpatrimonio.jpg

Para iniciar o cadastramento, clique em ‘Incluir’ e preencha os dados referentes ao patrimônio. Para que o sistema realize o cálculo da hora máquina é imprescindível preencher os campos: 

- Tipo de apuração que é o tipo de medida a ser utilizada para o cálculo de trabalho da máquina. As opções são 'Km' ou 'Hora'.
- Centro de custos a ser utilizado para a apuração. Marque aquele centro de custos que será o responsável pela apuração das despesas relacionadas à máquina. Escolha, por exemplo, o centro de custos criado na etapa CADASTRAMENTO DO CENTRO DE CUSTOS.
- Data de referência para automação da apuração de custos, que é a data que marca o início da apropriação do patrimônio para o centro de custos selecionado no campo anterior.

Caso o patrimônio seja depreciável, marque a opção correspondente e preencha os dados necessários, como: método de depreciação, vida útil, etc.

Na área 'Apropriação', escolha o centro de custos (criado na etapa CADASTRAMENTO DO CENTRO DE CUSTOS) referente ao patrimônio, para que a depreciação seja considerada no cálculo automático do custo da hora trabalhada pela máquina.

Imagem

DICA: Para mais esclarecimentos acerca do cálculo da depreciação de patrimônios no IDEAGRI, acesse a dica:

ACESSO RÁPIDO ÀS ETAPAS DA ROTINA:

Acesse o conteúdo Acesse o conteúdo Acesse o conteúdo Acesse o conteúdo Acesse o conteúdo Acesse o conteúdo Acesse o conteúdo

LANÇAMENTO DAS DESPESAS RELACIONADAS À MÁQUINA

As despesas rotineiras relacionadas à máquina, como óleo diesel, peças, manutenções, etc., devem ser lançadas no sistema, sempre apropriadas ao centro de custos referente à máquina (criado na etapa CADASTRAMENTO DO CENTRO DE CUSTOS). Tais gastos serão considerados no cálculo automático das horas trabalhadas pela máquina. 

Caso a despesa com a máquina seja proveniente de um produto estocável, a regra citada acima também vale para a Tela ‘Ordem de saída’:

Imagem

ACESSO RÁPIDO ÀS ETAPAS DA ROTINA:

Acesse o conteúdo Acesse o conteúdo Acesse o conteúdo Acesse o conteúdo Acesse o conteúdo Acesse o conteúdo Acesse o conteúdo

LANÇAMENTO DA HORA MÁQUINA

Para o lançamento das horas trabalhadas por determinada máquina, acesse o Menu ‘Projetos e Agricultura’, Botão ‘Hora Homem/Máquina’.

menu-projetos-agricultura.jpgseta.pnghorahhoram.jpg

Para iniciar o lançamento, clique em ‘Incluir’ e, depois, preencha os dados.

Imagem

Observações:

A) No lançamento das horas trabalhadas, o centro de custos escolhido é aquele que utilizou o serviço da máquina. No exemplo acima, foi escolhido o Centro de custos ‘Lavoura 1’.
B) A conta gerencial será aquela relacionada ao serviço prestado pelo maquinário. No exemplo acima, a escolhida foi ‘3.02.03.02 – Calcário’.
C) O valor unitário da hora trabalhada pode ser preenchido manualmente, caso o usuário não queira utilizar a ferramenta de cálculo automático. No exemplo acima, o valor estipulado foi de R$ 100,00.
D) Caso o usuário queira que o sistema calcule a hora máquina automaticamente, basta deixar o Campo 'Valor unitário' zerado ou com algum valor estimado. Dessa forma, no momento desejado, após os lançamentos do mês, por exemplo, basta realizar a Rotina ‘Apurar custos das máquinas’ e os valores serão atualizados, automaticamente, em função das despesas (depreciação e despesas rotineiras com o patrimônio) e das horas trabalhadas.

ROTINA 'APURAR CUSTOS DAS MÁQUINAS': 

- Clique no Botão ‘Apurar custos das máquinas’. Na tela que surge, preencha o período para o cálculo da hora máquina e clique em ‘Apurar’.

Imagem

- Em seguida, ao selecionar o Botão ‘Atualizar valor unitário’, o sistema atualizará os valores de hora máquina, lançados no período escolhido.

- Na imagem abaixo, observe que o valor da hora máquina, que era de R$ 100,00 (valor estimado pelo usuário durante o lançamento da hora máquina), foi atualizado para R$ 110,98 (valor calculado pelo sistema, baseado nas despesas rotineiras e depreciação em função das horas trabalhadas).

Imagem

E) Caso exista uma saída de estoque de produtos associada ao lançamento da hora máquina, basta clicar sobre o botão Imagem, que será exibida a Tela ‘Ordem saída’. No exemplo ilustrado abaixo, existe o consumo de 0,1 tonelada de calcário associado ao procedimento de calagem, realizado com o auxílio da Máquina 22. Sendo assim, foi utilizado o atalho em questão.

Imagem

ACESSO RÁPIDO ÀS ETAPAS DA ROTINA:

Acesse o conteúdo Acesse o conteúdo Acesse o conteúdo Acesse o conteúdo Acesse o conteúdo Acesse o conteúdo Acesse o conteúdo

LANÇAMENTO DE HORA HOMEM

Para que o lançamento de hora homem seja considerado, automaticamente, no Relatório ‘Apuração de custos’, é necessário CADASTRAR O FUNCIONÁRIO e REGISTRAR AS HORAS TRABALHADAS. Veja os passos a seguir:

CADASTRAMENTO DE FUNCIONÁRIO

Acesse o Menu ‘Fazenda’, Botão ‘Pessoa’.

menu-fazenda.jpgseta.pnghorahhoram.jpg

Clique em ‘Incluir’ e preencha os dados relacionados ao funcionário. 

Imagem

Observações:

A) A Opção ‘Funcionário’ deverá estar marcada.
B) O Item ‘Hora homem / Operador de máquina’ deverá estar marcado.
C) O Campo ‘Data de referência para automação da apuração de custos’ deverá ser preenchido com a data de início da correlação da hora homem na apuração dos custos.
D) O Campo ‘Valor hora’, se preenchido, auxilia no lançamento da hora homem, quando se tem determinado o valor da hora de trabalho do funcionário em questão.

REGISTRO DAS HORAS TRABALHADAS

Acesse o Menu ‘Prpjetos e Agricultura’, Botão ‘Hora Homem/Máquina’.

menu-projetos-agricultura.jpgseta.pnghorahhoram.jpg

Clique em ‘Incluir’ para iniciar o lançamento e, em seguida, preencha os dados.

Imagem

Observações:

A) O valor unitário da hora trabalhada pelo homem será preenchido, automaticamente, de acordo com a determinação feita na Tela ‘Pessoa’, Campo ‘Valor hora’. Caso contrário, este campo deverá ser preenchido manualmente, ao registrar o apontamento da hora homem.
B) Assim como no lançamento de hora máquina, ao registrar um apontamento de hora homem, caso exista uma saída de produtos em estoque associada, basta clicar sobre o botão Imagem, que será exibida a tela ‘Ordem saída’.

ACESSO RÁPIDO ÀS ETAPAS DA ROTINA:

Acesse o conteúdo Acesse o conteúdo Acesse o conteúdo Acesse o conteúdo Acesse o conteúdo Acesse o conteúdo Acesse o conteúdo

IMPACTO NO RELATÓRIO 'APURAÇÃO DE CUSTOS'

No filtro do Relatório ‘Apuração de custos’, dentre as diversas opções de filtragem e configuração, estão os itens relacionados à apuração de hora máquina/hora homem (destacados na imagem abaixo):

 Imagem

- Apurar hora homem: ao selecionar esta opção, será mostrado, no final do relatório, um quadro consolidando o custo referente às horas trabalhadas, de acordo com o período e o(s) centro(s) de custos determinados para a emissão do relatório. Tal consolideração será refernente ao centro de custos usado nas horas trabalhadas.
 - Apurar hora/Km máquina: ao selecionar esta opção, será mostrado, no final do relatório, um quadro consolidando o custo referente às horas trabalhadas pelas máquinas, de acordo com o período e o(s) centro(s) de custos determinados para a emissão do relatório. Tal consolidação será referente ao centro de custos que usou a máquina. 
- Apurar valor unitário das máquinas: ao marcar esta opção, o sistema calculará, automaticamente, o custo com a hora máquina, considerando as despesas (depreciação e despesas rotineiras com o patrimônio) em função das horas trabalhadas. Este procedimento também pode ser feito na Tela ‘Homem / Máquina’, no momento do lançamento da hora máquina, conforme detalhado na Etapa LANÇAMENTO DA HORA MÁQUINA.

Ao emitir o relatório, as despesas advindas das horas trabalhadas pelas máquinas e homens serão apropriadas nas contas gerenciais correspondentes aos lançamentos realizados na Tela ‘Homem/Máquina’. Exemplo:

  • No dia 01/02/15, a Máquina 22 trabalhou para o Centro de custos Lavoura 1, realizando a atividade de gessagem. Durante o lançamento, o custo com a hora máquina foi apropriado para a conta gerencial 3.02.03.01 – Gesso, conforme a imagem abaixo:

 Imagem

Sendo assim, ao emitir o Relatório ‘Apuração de custos’, para o Centro de custos ‘Lavoura 1’, o valor de R$ 200,00 (4 horas trabalhadas a R$50,00 cada) será considerado na Conta gerencial 3.02.03.01 – Gesso, referente ao mês de fevereiro. Observe:

 Imagem

Como descrito anteriormente, no final do relatório, o IDEAGRI ilustra, em forma de quadro, o detalhe do custo referente às horas trabalhadas pelas máquinas e homens, de acordo com o período e o(s) centro(s) de custos determinados para a emissão do relatório. Exemplo:

 Imagem

 Imagem