Programa de Incentivo à Inovação na Agropecuária

Há quem diga que, em época de crise financeira, o melhor a fazer é cortar gastos. Outros apostam em guardar o dinheiro no colchão. Mas quando o assunto é o agronegócio brasileiro, o melhor a fazer é investir para superar a crise e preparar-se para encarar a demanda crescente por alimentos. Conheça o INOVAGRO, programa de incentivo à inovação na agropecuária.

O agronegócio é um dos poucos setores que vem aumentando a participação na balança comercial do país, mesmo em plena recessão. Segundo o Centro de Estudos em Economia Aplicada (Cepea), da Esalq/USP, no primeiro semestre deste ano, por exemplo, o setor representou 46% do total das exportações brasileiras. Em 2014, essa fatia foi de 43%.

Isso é possível devido ao uso de tecnologia de ponta no campo, que tem feito aumentar a qualidade e a produtividade da agricultura brasileira. Outro levantamento, divulgado em julho, pela Organização de Cooperação e Desenvolvimento Econômico (OCDE) em conjunto com agência das Nações Unidas para a Alimentação e Agricultura (FAO), coloca o Brasil na liderança da produtividade agrícola na América Latina e Caribe.

OPORTUNIDADE

INOVAGRO - Programa de Incentivo à Inovação Tecnológica na Produção Agropecuária

É um programa de crédito que apoia a inovação tecnológica nas propriedades rurais, destinando recursos financeiros para esse investimento. O foco é aumentar a produtividade do seu agronegócio, desenvolvendo a adoção de boas práticas de gestão agropecuária. Além disso, também incentiva a inserção competitiva dos produtores rurais nos diferentes mercados de consumo.

Quem pode contratar?

Produtores rurais (pessoas físicas ou jurídicas) e cooperativas de produtores rurais associados ao Sicredi que necessitam de recursos para investir em inovação tecnológica e aumentar a produtividade do agronegócio.

Confira mais informações no SITE DO SICREDI.

Fonte:

Globo Rural

http://revistagloborural.globo.com/Noticias/Agricultura/noticia/2015/09/caixa-oferece-linha-de-credito-para-investimento-em-tecnologia-no-agronegocio.html