Uso de setores para a divisão e movimentação de animais

Setores são divisões (retiros) dentro do banco de dados para a alocação dos animais. Eles são criados, geralmente, quando existe alguma separação física (como quando há mais de uma propriedade ou os rebanhos são distintos) ou quando há o gerenciamento de atividades pecuárias diferentes no mesmo local (Leite e Corte). Confira, nesta dica, como se dá o processo de cadastramento de setores e a movimentação de animais entre eles. 

 

 


Quando é recomendada a criação de setores no IDEAGRI?

  • A propriedade contemplar separações físicas (retiros). Por exemplo: quando existe o gerenciamento de rebanhos distintos, tais como: Rebanho Elite e Rebanho Comercial ou Rebanho Girolando e Rebanho Gir.
  • Outra situação possível é quando há mais de uma propriedade, cujos lançamentos devem ser gerenciados num mesmo banco de dados.

No caso de mais de uma propriedade, por exemplo, cada fazenda seria um setor dentro do banco único. Os lançamentos poderiam ser acompanhados globalmente ou por fazenda (setor) e o processo de movimentação de animais entre as propriedades seria realizado por meio de uma rotina automatizada.

  • A criação de setores também é recomendada quando há o gerenciamento de atividades pecuárias diferentes no mesmo local.

Neste caso, é possível criar divisões adequando as configurações para cada retiro, cada setor, possibilitando a alocação dos animais de acordo com a atividade produtiva, facilitando os lançamentos e a análise dos dados.

Através da alocação dos animais nos setores criados, o usuário poderá lançar e analisar os dados de forma individual (por setor), além de poder realizar movimentações de animais entre setores quando desejar, de acordo com a demanda da propriedade.

DICA

Conheça a rotina de criação e gerenciamento de grupos!

Antes da criação de setores, recomenda-se que o usuário conheça a rotina de agrupamento de animais (a divisão entre lotes), que envolve o ‘Tipo de Grupo’ e ‘Grupo’ e que atenderá às demandas de classificação de animais conforme critérios de gestão específicos e de caráter dinâmico. 


É obrigatório criar setores para a utilização do sistema?

O sistema foi desenvolvido com a condição de que todo e qualquer animal esteja alocado em determinado setor. Por exemplo, na inclusão de um animal, é necessária a definição do setor no qual ele será alocado.

Em função dessa definição do sistema, por padrão, todo banco de dados é iniciado com um setor denominado ‘Principal’. Caso a gestão da propriedade não demande a criação de setores, a alimentação do sistema poderá ser realizada utilizando apenas esse setor padrão. 


Gerenciamento de setores

O cadastro dos setores é realizado no Menu ‘Fazenda’, Botão ‘Setor’. A inclusão, edição e exclusão dos registros de setores é bastante simples, posto que a tela é do Tipo ‘Cadastro Simples’.  Para mais detalhes sobre o processo, assista ao vídeo abaixo:

DICAS
  • Não é permitido excluir dados que estejam vinculados a outras rotinas no sistema. No caso dos setores, a exclusão somente é possível se não houver alocações e nem movimentações de animais no setor a ser excluído.
  • Caso haja interesse, o usuário pode registrar uma data de encerramento das atividades no setor, preenchendo o Campo ‘Data Fim’ (a partir da data informada, não será mais possível movimentar animais para o setor em questão, somente retirar animais dele). 
  • O setor no qual o animal está alocado interfere, dentre outros fatores, na nomenclatura da categoria dos animais, dependendo de qual opção é marcada no campo ‘Atividade pecuária’, no cadastro do setor. Por exemplo, as vacas alocadas no ‘Setor leite’ (cuja ‘Atividade pecuária’ selecionada é ‘Leite’), de acordo com a situação produtiva, serão classificadas como ‘em lactação’ ou ‘seca’. Já as vacas alocadas no ‘Setor corte’ (cuja ‘Atividade pecuária’ selecionada é ‘Corte’), serão classificadas como ‘parida’ ou ‘solteira’.
 

Movimentação de animais entre setores

 

A movimentação de animais é realizada no Menu ‘Animal’, Botão ‘Movimentação entre setores’.

  • Clique em INCLUIR na tela de que surge. 

(1) Informe a data de movimentação dos animais.
(2) Selecione o setor de destino.
(3) Na Área ‘Seleção de dados’, marque o campo Ação do setor de origem dos animais e (4) clique em FILTRAR.
(5) Os animais serão exibidos no quadro da esquerda.
(6) Movimente os animais utilizando as setas de movimentação.

Confira a dica:

MOVIMENTE ANIMAIS SEM USAR O MOUSE

(7) Ao final da movimentação, clique em GRAVAR.

 

DICA

Confira o vídeo com a demostração da rotina: