Vaca da fazenda São Jose do Can Can é recordista mundial de produção de leite, na raça Gir Leiteiro

Vincenza, como é chamada, vive em fazenda em São José da Barra, MG. No mesmo local, outras duas vacas já conquistaram recordes mundiais. Vincenza conquistou a marca de maior produção de leite na categoria “fêmea jovem”, na raça Gir Leiteiro, durante torneiro em Passos (MG) e se tornou recordista mundial. O título foi conquistado na última semana. Mas não é para menos, a Vincenza, como é chamada a vaca que vive na Fazenda São José do Can Can, em São José da Barra (MG), recebe tratamento especial. A fazenda São José do Can Can é parceira e usuária do IDEAGRI.

Os cuidados com o animal são inúmeros: ela toma banho para se refrescar, recebe carinho e na baia onde ela vive, a limpeza é frequente, além da comida, que é sempre fresquinha, por isso, ela se destacou na 53ª Exposição de Passos. Segundo o preparador de animais de eventos, Aldo Sagio, a vaquinha é exigente. “Ela que escolhe o que vai comer, tem dia que quer algo mais forte, tem dias que quer só salada. Ela é que manda na gente”, disse.

Mas, tudo isso tem um motivo, que é aumentar a produção de leite da vaca. No torneio, ela teve a maior média mundial e o leite que ela produziu não coube nas latas tradicionais, que são de 50 litros. Com a marca de 56 litros de leite, Vincenza alcançou a maior marca do mundo, para a raça.

O resultado obtido pela vaca foi oficializado pela Associação Brasileira de Criadores de Gado Leiteiro. “Calculamos por ordenhas, então ela teve 10 ordenhas em intervalos de 8 horas cada, aí descartamos a maior e fizemos a média com as outras 9”, explicou o pecuarista e administrador da fazenda que Vincenza vive, Rodrigo Coelho.

No entanto, ela não é a única da fazenda a desfilar com a faixa de campeã. A vaca Jiba já bateu duas vezes o recorde mundial também da produção de leite, na categoria “fêmea jovem” e a vaca Bruna já bateu uma vez na categoria “fêmea adulta”.

“O segredo daqui é que investimos na genética, na alimentação e no manejo dos animais”, completou Rodrigo Coelho.

Outra boa notícia é que pecuaristas de vários países como Venezuela, Colômbia e Estados Unidos tem procurado óvulos das vacas recordistas. A nova aposta da fazenda é a Viafara, companheira de baia de Vincenza. Ela está sendo preparada para o próximo torneio leiteiro em abril, em Uberaba (MG).

Img

Vaca Vincenza foi a vencedora do concurso e alcançou recorde mundial (Foto: Reprodução EPTV)